domingo, 26 de julho de 2009

"Texto em que o poeta medita sobre algumas escolhas estéticas / na companhia de Angélica Freitas / em Buenos Aires" e um predileto recente

Texto em que o poeta medita sobre algumas escolhas estéticas
na companhia de Angélica Freitas
em Buenos Aires


(e o dedica a Cristian De Nápoli)

hilstado a comparecer
à óbvia
escolha y elección
entre o/el
cânon o thénon
não
quis adular la aduana
a convencer
a fronteira
a pizarnikar
a leminskaria
& perlonguei
meus passos, girando
por calles muy concretas
(ay, bacacay!)
pois não
logrei medrar
claudicante el
receituário mágico
que en el barro comenzen
as metamorfoses
de ojos de
lynce, patas de
jabón digo ramón digo dragón
ou tigronas de gude
(oh! orugas de la col)
que me tele-
trans-
portas-
sem
a eras o países
imaginários
&
quedei
-me ali mesmo na
Rivadavia 4930
com o café frio
(três cubos de açúcar
no cálice a prova
de que existo)
sonhando
com a minha desova
completa


§

Nota:

§ - escrito em Buenos Aires, em maio de 2006, em um café da Avenida Rivadavia (o endereço no poema é o verdadeiro), com a poeta Angélica Freitas na cadeira à minha frente, e oralizado pela primeira vez no Festival de Poesia Latino-Americana da cidade, o Salida al Mar; publicado pela primeira vez no número de estréia da Modo de Usar & Co., em 2007


§

Entretenimento para as próprias entranhas


§- Sonhar com tragédias providências de uma noção qualquer de ápice



§- Dedo no controle remoto rebobine o aguilhão devolva filho e filho a Medéia ora medicá-la com três Jasões sobressalentes



§- Filha pródiga ou Antígona talvez


§- Ao retornar nas pontas dos pés de funerais encontra louros chave da cidade o direito a embalo em colo de rei Momo beijo na bochecha oh Creonte meu tio



§- No fosso ao som de Dolores Maysa Ângela Rô Rô em horror



§- Que beleza que beleza é essa que requer formulários preenchidos no terror eu quero surdas as legiões dos anjos



§- This is not the last song refrão irritado com a rotina



§- Nessa novela das 11 estepes são substantivos femininos masculinos



§- Aceitar o papel de figurante extra extensa área de interregno caracterizada pela ausência total de socorro



§- Resolução do trânsito que cresce floresce na época das chuvas épica das curvas



§- Play it again Sam abaixo a hemostasia



§- Prólogo episódio e êxodo



§- Sofrimento no prolongamento da coluna vertebral dos outros



§- Refrigério



§- Em debate no programa de hoje cara a cara Helena Hécuba



§- Prolixo blockbuster de êxito

§- Rimar orgasmo com ooblasto e no estafar da última das estrofes aborto



§- Canibal nenhum fornecerá silêncio às ovelhas Clarice



§- Quando o clímax é o ocaso e traga o dia



§- And the beat goes on / in the goat-song

(2009)


.
.

Um comentário:

angélica freitas disse...

me lembro de você escrevendo esse poema no caderno azul, lá no café el coleccionista. que tarde linda que fué. saudades d'ocê.

Arquivo do blog