terça-feira, 11 de novembro de 2008

se Perséfone / em alfândegas / da quarentena

se cansar do turismo
entre hemisférios
do sim do não
decidir que tudo
mais
vá para o inverno
a maré de azares
entre cafuné e açoite
há sim
de pisotear
em pessoa o camelo
que me ultrapassa
pela direita insciente
dos semáforos
a cada centímetro
de epiderme couro
escama para tua própria
segurança senhor
feitor ausente
à palestra
em que provo
por A
+ Z
que "até tu
Brutus" não
é o mesmo
que "o capitão
afunda
com o barco"
só resta senhor
credor
equacionar com brio
XY + XY = 0
à esquerda
na madeira
que se rebela
contra o fogo
queimando
The End
o prefácio
dos créditos
(in order of appearance)
do senhor diretor
que não
coadjuva

2 comentários:

angélica freitas disse...

que bom, que bom te ler sempre!

Luiz Coelho disse...

e a procura pelo "estrito caroço" perdura, até vir o sono.

Arquivo do blog