sábado, 17 de janeiro de 2009

All about Lily Chou-Chou


O título, a capa, a sinopse prometiam um filme cheio de delicadeza abordando a adolescência e seus processos no Japão moderno, com olhos e ouvidos generosos para o que se esconde de melhor naquelas três letras: P-O-P. Mas All about Lily Chou-Chou (2001), do jovem diretor japonês Shunji Iwai, traz no bojo 2 horas e meia de brutalidade em adolescência num Japão em fragmentos, com olhos arregalados de outras três letras: S-O-S.

Não é a brutalidade implacável de um filme como Eureka (2000), de Shinji Aoyama, com suas 3 horas e meia de desespero e exasperação; mas talvez por haver, sim, certa generosidade em delicadeza na figura da poeta lírica fictícia Lily Chou-Chou, sem a sugestão de uma redenção final pouco provável, como em Eureka, mas a certeza da possibilidade de refúgio no texto e música de alguns poetas.

Você foi bullied quando criança ou adolescente? Quem foi a sua Lily Chou-Chou?

Kate Bush?
Björk?
Chan Marshall?

2 comentários:

angélica freitas disse...

suzanne vega.

Ricardo Domeneck disse...

As minhas são definitivamente Kate Bush e Björk.

Arquivo do blog