domingo, 25 de março de 2012

Alan Turing.



Alan Turing. Meu respeito. Meu agradecimento. Minha admiração. Minha tristeza. Alan Turing.

1912 - 1954.

Alan Turing.

"Where there is personal liking we go."

Imaginá-lo em uma sala de aula em Cambridge durante palestras de Ludwig Wittgenstein, sim, imaginá-los na mesma sala faz minha cabeça dar voltas, me pone los pelos de punta.

Se tua morte por envenenamento estava naquela maçã, como evitar o redemoinho de implicações? Sem deixar de imaginar que é perfeitamente possível que tenhas sido assassinado.

A L A N T U R I N G.

Pensar que até o ano passado, um país como a Suécia ainda previa a castração de quem ousa desviar-se da normal sexual dominante.

O asco sentido em minhas entranhas com o barulho em torno da morte de Steve Jobs, enquanto tu morreste sozinho e empobrecido, acuado à beira do abismo, talvez assassinado.

a-l-a-n-t-u-r-i-n-g.

"We can only see a short distance ahead, but we can see plenty there that needs to be done."

Alan Turing.

De quantos se pode dizer que uma vida mais longa ou mais curta teria tido consequências drásticas para o mundo?

Alan Turing.

Morrem cedo os que os homens detestam. Os que os homens invejam.

Alan Turing.

"This then you may know
as the hero.
"






:

NOTAS

* Os versos "Where there is personal liking we go" e "This then you may know / As the hero", do poema "The hero", de Marianne Moore.

* A citação "We can only see a short distance ahead, but we can see plenty there that needs to be done" em Computing Machinery and Intelligence (1950), de Alan Turing.


.
.
.

Um comentário:

sameul rieger disse...

muito historia para acontece Alan Turing muito tempo atá na vidas muito coragem

Arquivo do blog